Games e interatividade: mapeando possibilidades

Resumen

O presente artigo objetiva discutir o conceito de interatividade e a ampliação das possibilidades de interação no universo dos games, destacando a emergência da cultura participativa na qual os gamers deixam de apenas jogar para interferir em aspectos relacionados com a lógica e estética do jogo. E por fim, apresentamos a experiência ainda preliminar do jogo Guardiões da Floresta que está criando uma comunidade de alunos e professores para participarem e interferirem na narrativa do jogo, atuando como produsuários.

Games and interactivity: map possibilities 

Abstract

This article discusses the concept of interactivity and the expansion of opportunities for interaction in the game universe, highlighting the emergence of the participatory culture in which gamers stop playing just to interfere in aspects of logic and aesthetics of the game. Finally, we present the experience still preliminary game Guardians of the Forest that is creating a community of students and teachers to participate in and interfere with the game's narrative, acting as prosumer.

Keywords: Games; modification; collective intelligence; interactivity. 

Publicado
2013-10-01
Cómo citar
AlvesL. (2013). Games e interatividade: mapeando possibilidades. Obra Digital, (5), 8-19. https://doi.org/10.25029/od.2013.28.5